Gargalo de produção: 5 dicas para evitá-lo em sua indústria

Um dos objetivos principais dos profissionais envolvidos com a administração é a busca constante pela melhora da produtividade de seu negócio. No entanto, é comum que essa melhora dependa da identificação dos problemas em seu processo produtivo. O gargalo de produção é um desses problemas.

Neste artigo falaremos sobre o que é um gargalo de produção, como eles são formados, quais suas consequências e, principalmente, te daremos dicas para evitá-lo em sua indústria.

O que é um gargalo de produção?

Um dos maiores desafios de uma indústria é aumentar seu volume de produção, mas sem aumentar proporcionalmente as despesas. Ou seja, dentro dessa definição podemos afirmar que as empresas estão em busca de custos cada vez menores.

Entre os custos dessa indústria podemos incluir o valor de insumos, infraestrutura, salários e tempo gasto. Na definição de negócios podemos incluir fatores que compõem a compra de insumos até o envio de um produto final, que passou pelo recebimento de matéria-prima até as etapas de processamento e venda do produto finalizado.

Quando analisamos esse processo produtivo de uma indústria, observamos que as etapas estão interligadas. Assim uma depende da outra para sua conclusão. Normalmente cada etapa tem um tempo diferente para ser concluída.

Com a diferença entre elas, não é incomum existir uma etapa que leva mais tempo que as outras para ser concluída. Isto leva ao problema que falaremos neste post: o gargalo de produção.

Assim, uma etapa do processo que demanda mais tempo para ser finalizada gera um gargalo de produção. Esse gargalo de produção acontece, principalmente, quando a maioria das etapas da empresa possui a mesma velocidade de produção e tem uma única etapa que possui velocidade menor dentre as demais. Automaticamente ela acaba atrasando as etapas seguintes.

Dessa forma, toda a produção da empresa é prejudicada, pois, é a soma de todos os processos realizados.

O gargalo de produção pode ocorrer em qualquer ponto da cadeia produtiva da sua indústria, como na entrada ou recebimento de novos materiais, no meio com a demora do tempo de fabricação de determinada peça, ou no final na velocidade de venda dos produtos fabricados.

A causa do gargalo está no acréscimo de tempo de uma etapa no processo produtivo. Porém, as consequências afetam todos os setores, o que gera custos desnecessários, atraso na receita da empresa e imobilização de capital.

Conheça 5 dicas para evitar o gargalo de produção em sua indústria

Independente de qual seja o ponto do gargalo da sua empresa, ele afetará toda a sua produção da mesma forma, e é isso que torna os gargalos tão prejudiciais para os negócios.

Por isso, reunimos 5 dicas que irão te ajudar a evitar o gargalo de produção na sua indústria e combater os desperdícios. Quer saber mais? Continue lendo nosso post de hoje!

1. Identifique o gargalo de produção

Nossa primeira dica para evitar o gargalo de produção na sua indústria é encontrá-lo. Não será difícil encontrar gargalos de produção mais claros, porém, é possível que existam gargalos que passem despercebidos para muitas pessoas.

Para conseguir identificar todos eles, você pode verificar as etapas do seu processo com uma varredura em cada setor. Durante esta etapa, anote todos os detalhes de cada fase do processo. Registre quantidades, velocidades e a capacidade de cada fase.

Com essas informações em mãos é mais fácil encontrar os problemas. A partir disso, você pode resolvê-los e evitá-los.

2. Invista em novos processos e tecnologias

Como sabemos, nem sempre a ordem dos fatores altera os produtos, no entanto, em alguns casos isso não é verdade. Nessas atividades, algumas tarefas e processos podem ser trocados sem alterar ou prejudicar o produto final.

Assim, trocar os processos de produção ou investir em novas tecnologias pode ser uma saída para evitar os gargalos de produção na sua indústria. Por isso é preciso estar atento a novas possibilidades.

Você pode trocar as atividades da sua produção de ordem, ou elas podem ser realizadas em frações. Você também pode considerar trabalhar em etapas simultâneas. Uma alternativa para te ajudar a evitar o gargalo de produção é investir em produções como a impressão 3D, ela é uma alternativa para evitar os gargalos e até mesmo para agilizar a sua produção.

3. Use a pré-montagem ou terceirização

Outra alternativa para evitar o gargalo de produção é investir em pré-montagem ou em terceirização de serviços. Essa opção permite agilizar processos de produção e possibilita também a separação de processos principais dos demais que podem ser realizados antecipadamente.

Independente de qual alternativa a sua linha de produção se encaixar melhor, pode ser uma ótima opção para sua indústria. Usando o método da gestão de processos encontre as tarefas que podem ser realizadas antes ou depois.

Avalie qual etapa necessita terminar para que outra comece, assim é possível encontrar as atividades que podem ser terceirizadas antes do processo principal.

4. Monitore seus resultados

Os fluxos de produção bem feitos tendem a oferecer melhores resultados. Assim, ter indicadores da sua produção controlados é essencial. Eles te mostram todos os processos e podem indicar se algo não vai bem. Os indicadores também começam a ter o seu próprio ritmo e podem indicar indícios de problemas futuros.

Graças a essa identificação você pode monitorar e controlar o seu fluxo de produção, o que te ajuda a encontrar e evitar futuros gargalos na sua produção.

5. Invista em seu pessoal

Assim como as máquinas, seus colaboradores também precisam de manutenção para que não emperrem em nenhuma fase. Mesmo que sua indústria seja extremamente otimizada ainda é preciso contar com pessoas para controlar seus processos, verificar procedimentos, vigiar e dar sequência em etapas estratégicas.

Diante disso, mantenha seus colaboradores treinados e orientados. Eles podem oferecer um olhar minucioso sobre regras de processos. Além disso, é necessário orientá-los sobre problemas de mau uso e má manutenção dos equipamentos.

Como vimos, com algumas dicas simples é possível evitar e resolver um gargalo de produção em sua indústria. Você gostou deste texto sobre gargalo de produção? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter e ficar por dentro das novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *