Filamento PLA: A verdade sobre o plástico biodegradável na impressão 3D

Você sabe o que é o Filamento PLA? É bem possível que já tenha ouvido falar sobre esse filamento e sua relação com a sustentabilidade.

Entretanto, embora o PLA seja realmente um material biodegradável, ele necessita de condições climáticas favoráveis para se degradar. E por essa razão separamos neste artigo tudo o que você precisa saber sobre esse filamento.

O que é o plástico PLA?

O plástico PLA, também conhecido como poliácido láctico, nada mais é que um polímero sintético termoplástico que está substituindo os plásticos convencionais em inúmeras aplicações, inclusive na impressão 3D.

Esse plástico pode ser usado em diversas situações como:

  • Embalagens alimentícias;
  • Sacolas de mercado;
  • Garrafas;
  • Canetas;
  • Vidros;
  • Filamentos de impressão 3D;
  • Entre outros.

O seu nome advém das várias cadeias de repetição do ácido lático. Esse ácido é produzido por mamíferos, inclusive por nós seres humanos, podendo ser também obtido inclusive diretamente pelas bactérias.

No seu processo produtivo, através da fermentação de vegetais ricos em amido, as bactérias produzem o ácido lático. Como exemplo de vegetais ricos em amido que são usados nesse processo podemos citar a beterraba, o milho e a mandioca.

Qual a origem do plástico PLA?

O PLA foi sintetizado pela primeira vez no ano de 1932 pelos pesquisadores Carothers, Dorough e Natta. E diferente do que todos podem pensar, as primeiras experiências não obtiveram o êxito esperado.

Isso ocorreu porque as propriedades mecânicas do material não eram consideradas satisfatórias. Em virtude disso, a Du Pont acabou sintetizando um novo PLA com propriedades mecânicas melhores e fez a patente do produto.

No entanto, esse novo tipo de experimento acabava reagindo com água, sendo essa uma das principais desvantagens do seu uso.

Os anos passaram e em 1966 Kulkarni conseguiu demonstrar que a degradação do material poderia ocorrer in vitro, sendo observada melhor em laboratório. Foi a partir de então que passou-se a ter um interesse real por sua aplicação, com destaque para a área médica.

Inconvenientes do Filamento PLA

Apesar de ser um produto apresentado como sustentável, colaborando para o meio ambiente, conforme citado, o filamento PLA apresenta algumas características, digamos, inconvenientes.

Dentre as suas principais inconveniências podemos destacar a baixa resistência ao impacto e a alta temperatura.

Nesse sentido, para que seja reduzida a sua fragilidade, passou-se a usar plastificantes orgânicos como o glicerol e o sorbitol.

Também foi verificada a possibilidade de inserir fibras naturais, bem como a produção de blendas – que nada mais são que uma mistura mecânica de plásticos diferentes onde não há reação química entre eles. Com isso havia a possibilidade de melhorar esse aspecto.

Vantagens do Filamento PLA

Apesar de possuir alguns inconvenientes, o plástico PLA tem algumas características extremamente vantajosas. Pois além de ser um plástico compostável ele também é biodegradável, biocompatível, bioabsorvível e reciclável mecânica e quimicamente.

A sua degradação se comparada aos plásticos convencionais, que demoram cerca de 500 a 1000 anos para se decompor, ganha de longe. Afinal, sua degradação demora de seis meses a um ano para acontecer.

Inclusive, se for descartado corretamente ele pode transformar-se em substâncias inofensivas, pois é facilmente degradado pela água.

Outra vantagem desse material é que caso pequenas quantidades de PLA passem da embalagem para os alimentos e cheguem ao organismo, não há riscos de danos para a saúde. Isso porque ele se transforma em ácido lático – uma substância alimentar segura que é naturalmente eliminada pelo corpo.

É justamente por possuir tais características que o filamento vem sendo utilizado cada vez mais nas intervenções médicas, substituindo, inclusive, o implante de metal.

Desse modo, ao usar-se o plástico PLA em tais procedimentos há menos riscos de inflamações e também de sobrecarga de tensão nos órgãos fraturados.

Principais desvantagens do Filamento PLA

Apesar de ser considerado um plástico biodegradável, essa não é uma verdade absoluta.

Pois, para que aconteça a degradação é necessário que o plástico PLA seja descartado de maneira correta. Isso quer dizer que ele precisa ser depositado em usinas de compostagem que oferecem condições mais adequadas de luz, umidade, temperatura e quantidade correta de micro-organismos.

Como a maior parte dos resíduos brasileiros acaba indo para aterros e lixões, não podemos dizer que esse material irá se degradar 100%. Existe, inclusive, uma problemática agravante nesta questão.

Como a maioria dos aterros e lixões são precários, a degradação do produto acaba acontecendo com baixa concentração de oxigênio, o que faz com que o mesmo libere gás metano na atmosfera.

Esse gás é um dos mais problemáticos no agravamento do efeito estufa, bem como na geração de desequilíbrios ambientais.

Ainda, outra desvantagem que o PLA traz é o seu alto custo de produção, tornando o produto geralmente mais caro do que os demais, e muitas vezes inviabilizando economicamente o seu uso.

E para completar, há um estudo da Unicamp que mostra que a compostagem, dentre todas as formas de reciclagem é a que mais produz impacto ambiental.

Desmistificando o Filamento PLA

Como pudemos ver neste artigo, apesar de ser considerado um filamento sustentável, a verdade é que o PLA também traz impactos ambientais e, se não for descartado corretamente, o dano ambiental pode ser ainda maior do que um plástico normal.

Nesse sentido, quando pensamos em impressão 3D com o uso do Filamento PLA temos que ter em mente que ele é um produto de menor resistência e por essa razão nem sempre é a melhor opção a ser usada.

Também é importante entender que quando a sua empresa faz a opção por esse produto não está se comprometendo 100% com o meio ambiente como vimos. Afinal, se não for descartado corretamente ele pode agredir até mais o meio ambiente do que outros materiais.

Portanto, é importante avaliar todas as possibilidades antes de realizar o serviço, conversando com um verdadeiro especialista que realmente entende do assunto.

Se quiser conhecer mais os nossos serviços e tirar todas as dúvidas necessárias sobre o Filamento PLA, teremos um enorme prazer em te atender! Entre em contato conosco agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *