6 ferramentas lean manufacturing usadas pelas grandes empresas

A manufatura enxuta, desenvolvida pela Toyota, traz em seu princípio duas questões fundamentais: aumentar a percepção de valor por parte do cliente e minimizar os desperdícios de produção reduzindo os custos. Contudo, é necessária a implantação de ferramentas lean manufacturing para que o sistema funcione.

Essas ferramentas auxiliam a manufatura enxuta, colaborando para a maximização do valor percebido pelo cliente, assim como para a minimização de desperdícios na linha de produção. Além disso, elas também ajudam o processo como um todo.

Sendo assim, separamos neste artigo 6 ferramentas lean manufacturing utilizadas pelas grandes empresas e que são fundamentais para garantir a gestão e a implantação da manufatura enxuta no seu negócio. Para saber mais é só continuar a leitura.

1. Kaizen

Essa é uma palavra japonesa que, traduzida para o português, significa melhoria contínua. Desse modo, podemos entender que o termo se refere às diversas atividades de uma empresa que têm como finalidade melhorar todo o processo de um negócio.

Para que seja atingido o seu verdadeiro objetivo, o Kaizen precisa da colaboração de todos os funcionários, desde a alta gerência até os trabalhadores da linha de produção.

O objetivo do Kaizen é melhorar todo o processo, sendo que para atingi-lo é preciso criar métodos a fim de eliminar o desperdício, corrigir erros de fluxo de trabalho e solucionar problemas da empresa.

Para ser implementado, o Kaizen envolve cinco etapas centrais: a identificação do setor onde é o foco do problema, a análise da situação atual, a criação de táticas que serão usadas no processo de melhoria, a aplicação das melhorias, avaliação, mensuração e apresentação dos resultados.

2. Kanban

O Kanban nada mais é do que um método criado com o propósito de diminuir, ou até mesmo eliminar, os desperdícios que ocorrem na estocagem e o excesso de produção.

Esse sistema utiliza na estocagem um processo de identificação visual baseado nas três cores do farol: verde, amarelo e vermelho. Desse modo, quando um item sai da cor verde e entra na cor amarela, o gestor de estoque já começa a planejar a sua reposição, sendo que ao entrar na cor vermelha um pedido é emitido para o setor de compras.

Para que seja definido o volume de quantidade para cada cor, é necessário levar em consideração inúmeros fatores, como prazo de entrega do fornecedor, estimativa da quantia a ser utilizada na produção, entre outros.

Através dessa metodologia é possível evitar o desperdício de estoque, assim como paradas na produção em virtude de falta de matéria prima, melhorando dessa forma todo o processo produtivo.

3. Jidoka

Essa é uma ferramenta que teve sua origem no ano de 1896 e é considerada um processo de automação da produção com o auxílio de um elemento humano.

Os princípios e aplicações desse método podem ser divididos basicamente em quatro etapas, sendo a primeira a descoberta de uma anormalidade ou problema.

A segunda é a parada no processo produtivo, a terceira a correção do problema e, por fim, a quarta é a descoberta da origem do problema para evitar que ele ocorra novamente.

Uma das principais inovações trazidas por essa ferramenta para a manufatura enxuta é a inspeção de uma questão ou problema no meio de um processo e não somente no final.

Desse modo, ao se criar uma inspeção durante todo o processo de produção é possível prevenir defeitos e corrigir problemas antes mesmos deles causarem danos mais significativos para a empresa.

4. Heijunka

Nivelamento. Esse é o significado da palavra Heijunka. Essa é uma ferramenta do lean manufacturing cujo objetivo principal é nivelar o tipo e a quantidade de produção.

Nesse sentido, podemos dizer que a ferramenta colabora para minimizar a instabilidade da produção em virtude da inconstância dos pedidos feitos pelos clientes.

Para que esse método seja aplicado, é necessária a criação de uma sequência sólida de pedidos e a construção de um esquema de pedidos em lotes, permitindo que seja produzido o mesmo leque de produtos todos os dias.

Entretanto, para que seja construída essa estrutura é preciso levar em consideração três fatores: a previsibilidade da venda, a estabilidade e a flexibilidade.

O principal objetivo da aplicação desse método é a ampliação da produção, bem como a redução de estoques e a diminuição do custo de capital. Também é possível através desse método reduzir a mão de obra e eliminar o tempo de produção.

5. Just in time

O Just in Time é um ferramenta de lean manufacturing que tem por princípio produzir um pedido que um cliente quer, quando ele quer e na quantidade que ele deseja.

Essa ferramenta foi criada pela Toyota na Segunda Guerra Mundial, uma época em que, devido à escassez de recursos, produzir estoque extra era muito caro. Desse modo, as empresas começaram a produzir somente aquilo que os clientes realmente desejavam.

Sendo assim, passou-se a usar as ferramentas Kanban e Just in Time como complementos uma da outra através da produção puxada.

Ao invés de uma empresa manter uma grande estocagem de um determinado produto, ela o faz somente com base nos pedidos que entram na produção.

6. Impressão 3D

A impressão 3D é uma nova tecnologia de fabricação aditiva, na qual um modelo tridimensional é criado por sucessivas camadas de material.

Por ser uma tecnologia bem mais rápida do que a tradicional ela é extremamente vantajosa, pois possibilita que os produtos produzidos por uma empresa sejam personalizados dentro de uma cadeia produtiva.

Com isso, ela permite uma grande otimização na manufatura enxuta, como melhoria no desenvolvimento de protótipos, aumento da diversidade de produtos, produção com escala menor, personalização de protótipos e aumento da eficiência do estoque.

Dessa maneira, esse processo colabora para a redução de desperdícios e para o aumento da percepção de valor pelo cliente, os dois principais objetivos do lean manufacturing. Isso ocorre porque os produtos acabam sendo produzidos de maneira mais personalizada.

Essa é uma das mais recentes ferramentas lean manufacturing. Se você quer saber um pouco mais sobre essa ferramenta e como ela pode transformar a sua produção eliminando desperdícios e aumentando a percepção de valor do cliente conheça os nossos serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *