Entenda como a fabricação digital está transformando o desenvolvimento de produtos

Você já ouviu falar em fabricação digital? Sabe o que significa e quando surgiu? E ainda, conhece os benefícios desse tipo de serviço para a prototipagem?

A produção de peças mais complexas como, por exemplo, de arquitetura, sempre exigiu muitas horas de trabalho e a resolução de grandes desafios para tornar um projeto viável. Por muito tempo, transformar em real um produto parecia um sonho distante, mas com a fabricação digital esse cenário tem se transformado.

Neste post vamos falar mais sobre o que é a fabricação digital e como ela pode ser utilizada. Ela está revolucionando o desenvolvimento de produtos e se você ainda não conhece, continue acompanhando! Descubra como esse tipo de produção pode alavancar seu negócio! Boa leitura.

Quando surgiu e o que é fabricação digital?

A fabricação digital surgiu em 1952, com o objetivo de produzir peças mais complexas de avião. Era algo mais inacessível, porém, hoje em dia, se tornou algo mais fácil de ser encontrado. Atualmente, os equipamentos utilizados na realização da prototipagem estão mais acessíveis e, por consequência desse processo, mandar fabricar um protótipo tem se tornado algo cada vez mais comum, tanto para as grandes como pequenas empresas.

Portanto, a fabricação digital é a produção de objetos físicos a partir de modelos digitais, com o auxílio de equipamentos de controle numérico computadorizados, os chamados CNCs. É um método que, em muitos casos, é feito por meio de moldes. Os PDFs são exemplos disso.

As máquinas CNCs são equipamentos automatizados capazes de executar comandos pré-programados. Elas utilizam as seguintes interfaces: softwares CAD e os softwares CAM.

O primeiro sistema traduz o modelo digital em uma linguagem que a máquina consegue entender. Já o segundo, transforma a tradução realizada pelo CAD em comandos para as CNCs. O programa ideal para se usar depende de qual processo de produção é melhor para o seu projeto. Ou seja, vai depender da peça que você deseja criar.

Alguns detalhes que você pode observar para te ajudar a escolher o melhor software são:

  • Propósito do produto;
  • Geometria do item;
  • Modelagem;
  • Qual tipo de equipamento você tem disponível;
  • Materiais necessários para produção;
  • Tempo para produzir;
  • Necessidade de acabamento;
  • Performance.

Atualmente, as máquinas mais usadas são as impressoras 3D, cortadoras a laser e as fresadoras.

Quais as vantagens da fabricação digital?

Para quem ainda não conhece, a fabricação digital possui diversas vantagens. Ela combina os benefícios dos ficheiros de um computador e do objeto físico. Seus benefícios são:

  • Todas as instruções de fabricação que estão guardadas no ficheiro em um computador podem ser copiadas e distribuídas, isso sem perder a qualidade. Dessa maneira, um produto modelado em uma empresa pode ser enviado para uma gráfica e ser produzido sem o risco de perder nenhuma informação;
  • Com esse tipo de serviço, evita-se gastos com transporte e armazenamento de produto. Isso porque, até ele virar um protótipo, o item será somente um ficheiro virtual, podendo ser enviado pelo computador;
  • As máquinas de fabricação digital não tem molde ou forma de produto. Portanto, ela pode realizar a impressão 3D em vários formatos diferentes. Esse ponto também gera economia, já que dispensa a fabricação dos moldes;
  • Antes de existir a fabricação digital, era necessário fazer um modelo virtual e outro físico, para visualizar o produto. No entanto, com esse tipo de produção é possível fazer as duas etapas por meio de um ficheiro digital, otimizando o tempo de trabalho;
  • É possível aperfeiçoar a produção, minimizando os erros.

Com tantos benefícios, pode-se dizer que a fabricação digital é uma aliada para os desenvolvedores de produtos. Isso porque ela possibilita dar forma a um projeto digital, tornando o item palpável. Assim, é possível realizar todos os testes antes de mandar o produto para o mercado, por exemplo.

Quais são os processos mais comuns da fabricação digital?

A criação de itens tridimensionais se dá de duas maneiras: por métodos aditivos ou subtrativos. O primeiro é feito por depósito de camadas do material, até que o material esteja totalmente criado. Já o segundo é produzido como se fosse uma escultura, retirando os excessos até que fique do formato desejado.

O aparelho pioneiro para transformar uma ideia em realidade é a impressora 3D, que funciona de forma aditiva de camada. Por meio dela é possível imprimir diversas coisas, desde as peças mais simples às complexas.

Porém, existem outros tipos de processos produtivos de fabricação digital. São eles:

1. Personal CNC

Máquinas de usinagem desktop, permitindo que as empresas criem peças, protótipos ou produtos finais em madeira, metal e com outros tipos de materiais.

2. Fresa

É uma máquina manual, super potente e possui inteligência artificial embutida para corrigir possíveis erros do operador. É um equipamento que pode ser usado para trabalhos mais pesados e de precisão.

3. Precisão industrial

Esse é um equipamento de fabricação digital que corta vários tipos de materiais, indo do vidro ao titânio. A máquina é de alta precisão, não faz nenhuma sujeira e ocupa pouco espaço.

4. Impressora 3D

Cada vez mais versátil esse é o tipo de equipamento mais usado para realizar a fabricação digital. A impressora 3D é capaz de realizar qualquer tipo de trabalho, fazendo um protótipo de excelente qualidade! É o meio mais utilizado atualmente para fabricar produtos de teste.

Como vimos, a fabricação digital possibilita que você dê vida ao seu projeto. De modo que seja possível realmente testar todas as suas características e funcionalidades, antes de finalmente o enviar para o mercado. Assim, é possível corrigir erros e aperfeiçoar ainda mais o seu produto.

Mas, para isso, tenha claro em sua mente o propósito, a geometria, os recursos disponíveis e prepare-se para os possíveis erros. Todo processo produtivo é feito por etapas e a fabricação digital te ajudará a chegar à perfeição do seu projeto!

O processo de impressão 3D é o mais utilizado atualmente, como já vimos. Sendo o mais rápido e vantajoso para diversas empresas. Para que esse procedimento seja realizado com sucesso, é preciso contar com a ajuda de profissionais realmente experientes.

A MUV tem uma equipe totalmente preparada para te atender! Agora que você sabe como funciona a fabricação digital, que tal adotá-la? Faça seu orçamento com a MUV!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *